Eduardo Lages
Eu vou sempre amar voce



Sou Ana Lucia, nascida em Suzano/SP
em 01.09 – Virginiana (com tudo que tem direito).
Tenho na música a minha maior inspiração para
todos so trabalhos que realizo, tudo tem um
fundo musical... O som de um piano me paraliza
seja clássico, moderno ou popular...
Faço arte...Pinto à óleo e trabalho com madeira
Numa espécie de marchetaria...mas sem tanta precisão
e técnica. Invento...e dessa invenção saem trabalhos originais e únicos.

::LINK-ME::





::MEU AWARD::

www.estrelafeminina2.zip.net




:AWARDESPECIAL::

www.estrelafeminina2.zip.net




::MEU PREMIO::





Glitter Photos
 

Concurso Real: Blog mais Poeta



ALGUNS DOS MEUS TRABALHOS EM ÓLEO SOBRE TELA

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* QUADROS À OLEO*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*











*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* QUADROS MADEIRA*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*







Cabe aqui uma explicação sobre esses quadros em madeira. Eles são feitos com lâminas de madeira sobre compensado. Uso muito pouco tinta, aproveito sempre os diversos tons das próprias lâminas (mogno, imbuia, marfim, etc...e rádica, que são desenhadas por natureza, e são extraídas de raízes de árvores africanas. (Lâminas são aquelas folhinhas de madeira que recobrem os móveis).Desses quadros que mostro aqui, existe tinta nas flores, folhas e algum risco para algum detalhe, mas sempre com lâminas recortadas. Obrigada pela atenção,
Ana Lucia (*estrelafeminina®)


relojes web gratis

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* AWARDS RECEBIDOS*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*









*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* PRÊMIOS RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*








*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* SOU E FUI DESTAK *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




<




*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* PRESENTES RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*








*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* AMIGOS DO CORAÇÃO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* VISITEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*









Glitter Maker
[Glitterfy.com - *Glitter Photos*]






Histórico:

- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 18/10/2009 a 24/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 30/08/2009 a 05/09/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 10/05/2009 a 16/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 29/03/2009 a 04/04/2009
- 08/03/2009 a 14/03/2009
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 02/09/2007 a 08/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007



Outros sites:

- Visitem estrelafeminina1
- BOL - E-mail grátis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:



Template By Pepita©


código htm
Cristiny On Line



                   HOJE

                  Ana Lucia (*estrelafeminina®)        
                  
Hoje eu preciso do seu abraço,
para amenizar esse bendito cansaço
que toma conta da minha vida...
Quero o aconchego dos braços seus,
e na sua energia carregar os desejos meus,
com a certeza de ser muito querida.


Hoje eu preciso do seu carinho,
a encher de calor o meu caminho,
e aliviar essa tensão estúpida
que me atormenta.
Preciso sentir o seu cheiro de homem,
a invandir  as lembranças que me consomem,
e dar asas às sensações
que meu coração inventa...


Hoje eu preciso da ternura do seu olhar,
para ser a luz que ilumina o meu caminhar,
e enxergar a paz que seu coração me diz.
Falo da tranqüilidade que você transmite;
e mesmo na solidão que em minh’alma existe,
só você pode me fazer feliz.....



- Postado por: estrelafeminina2 às 13h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

  TURISMO SENTIMENTAL
                Ana Lucia (*estrelafeminina®)


Ando meia desencantada com os sentimentos alheios;
sinto que banalizam o amor, não importam os meios...
não importa mais o ser humano por trás do envolvimento.
Promessas, palavras doces... antes escolhidas com carinho,
somem como se quimera fosse, perdidas pelo caminho;
e ainda dizem que conduzem o relacionamento.

Fico realmente contrariada, ( é o menos que posso dizer),
quando vejo agoniada, a ilusão que se cria pra viver
um amor de fantasias e coberto de falhas...
Alguém terá um coração machucado nesse romance,
e por paixão  aceitará  este enganoso lance,
recolhendo quando puder, do amor, as migalhas...

Que pobreza de espírito chauvinista...
Iludem a si próprias com múltiplas conquistas,
e perdem , e se perdem, nessa corrida banal...
Sorte de quem percebe esse lado do conquistador,
guarda as esperanças de um sincero amor,
e se desvencilha desse que faz turismo sentimental.



- Postado por: estrelafeminina2 às 21h41
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 

Bem maior

               Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Maior que a dimensão de meus braços,
queria hoje te dar um abraço,
e deixar voce sentir- se muito feliz.
E não haveria tristeza que suportasse,
e que de sua alegria não se invejasse,
e fosse embora, como sempre se quis.

Maior que a alegria do meu sorriso,
queria hoje te libertar deste siso,
e deixar voce sentir- se muito amado.
E não haveria desamor que sobrevivesse,
e que conseguisse manter o interesse,
e sendo assim partiria, sem resultado.

Maior que o grito dessa minha voz rouca,
queria te ofertar muitos beijos na boca,
e deixar voce ciente do meu amor.
E não haveria nada que a vida impedisse,
e que me tirar de voce conseguisse,
e assim, todas as barreiras transpor.

Bem maior que qualquer julgamento,
de vida, de tempo, de fundamento,
é a verdade que se traz na emoção.
Não desprezando uma certa realidade,
por sonhos pré julgados como verdade,
e que ferem a fogo o coração!...

 



- Postado por: estrelafeminina2 às 10h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




        DIVAGANDO EM PALAVRAS
             
              Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Tu não entendes de sentimento;
não percebes o calor do envolvimento,
quando de qualquer maneira estou perto de ti...
Não...tu não percebes, e meus apelos ignora,
sem explicação tu te rebelas, vai embora,
deixando-me  a pensar no que senti...

As sombras, imagens escuras refletidas no chão,
parecem se amoldar dentro das cavidades do coração,
escurecendo o momento que devia clarear...
Tu...com repentes travestidos de liberdade,
faz barganha com o amor da tua identidade,
e num gesto estúpido, pisas no que ia te salvar!

Aí vem a chuva inundando os terraços da vida,
lavando os telhados onde estou escondida,
feito pássaro ferido com a asa quebrada.
E tu? Tu não sabes de nada e seja como for,
trago  engasgada na garganta,
uma troca que ainda me encanta,
que é te chamar de “lindo”...
prá te chamar de amor...

 



- Postado por: estrelafeminina2 às 19h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




VERSOS NA MADRUGADA
            Ana Lucia (*estrelafeminina®)

E tu veio em meus sonhos invadindo meu quarto;
chegastes cheio de vida e de amor farto,
como quem encontrava tua diva, tua amante.
E eu despojada de pudores e sem mistérios,
liberei meus intintos...e todos sérios!
e vivi o teu amor de forma galopante!

E possuindo teu corpo de homem amado,
o coração a mil, completamente extasiado,
injeta adrenalina por todo meu viver.
Meu corpo suspira, transpira, numa viagem louca,
que começa quando vou beijando tua boca,
e desço com beijos por todo teu ser...

Me delicio com os grunhidos e delírios teus
que fazem perfeita sintonia com os meus,
quando nos perdemos em movimentos...
E nesse delírio que envolve nossos desejos,
selamos nosso gozo com molhado beijo,
 no  sentido amor, que faz parte desse momento...



- Postado por: estrelafeminina2 às 19h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




SONHOS...SONHOS...
             
             Ana Lucia (*estrelafeminina)

O ciclo da vida, com as horas, noite e dia,
às vezes nos falam de tanta coisa, tanta magia,
que sem querer uma confusão  estabelece.
Os sonhos nos alertam pra uma realidade?
o que os fazem se aproximar da verdade,
que se fundem  e grande euforia  tece?


Sonhos...em mim tão reais e verdadeiros,
e são lindos, sempre muito alvissareiros,
enlevando-me a alma às vezes entristecida.
E dizem que a alma é que comanda o ser,
então a minha entende a essência do meu viver,
quando em sonhos me leva pra felicidade da vida.


Fico entre a realidade e a imaginação,
atormentada entre a verdade e a ficção,
quando realiza-se dos sonhos o teor...
E logo a tormenta se desfaz no espaço,
porque a alegria me toma num abraço,
e minh’ alma encontra a tua para viver o amor...

 



- Postado por: estrelafeminina2 às 12h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

          AMOR EM TRES TEMPOS        
                
                Ana Lucia  (*estrelafeminina®)

Se tu quisesses sentir os pés soltos do chão,
ter palavras fáceis que traduzissem emoção,
devias te permitir amar e ser amado.
Mas tu tens comportamentos  diversos,
preferes fazer um caminho totalmente inverso,
e caminhas sempre dentro do mesmo quadrado.

Se tu pudesses entender o sentido do tempo,
verias que o amor vem como o vento,
e se vai como água de chuva pela sarjeta afora.
Há o tempo de estadia do sentimento não recebido,
quem o doa, amarga a esperança e despercebido,
o amor cansado, num desatino corajoso, vai embora...

Se tu soubesses o desgaste que sofre quem  te ama,
por seres assim apenas uma sombra pra quem te chama,
não deixarias escapar palavras de amor com esperança.
Tu não és uma ilusão, uma centelha de sentimento;
és a personificação do amor neste feliz momento,
onde  a água da chuva ainda não alcança...

Se quiseres receber na tua vida a felicidade,
aceita que o amor quando é recíproco de verdade,
não pode ser ignorado e nem ter impedimento...
E deixando de lado as meias palavras meu amor,
te libera pro meu coração de uma vez por favor,
antes que cheguem as águas que levarão meu tormento...



- Postado por: estrelafeminina2 às 12h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




          DANÇA COMIGO?
                 

Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Dança comigo esta noite,
que esta musica tal qual açoite,
deixa em pedaços meu coração...
Vem, me toma em seus braços,
me envolve em beijos e abraços,
e dança comigo esta canção...

Dança comigo esta noite, meu amor,
que sentirás o frêmito e o calor,
desta paixão que me domina.
Dancemos meu amado,
a canção dos enamorados,
que nos embala e jamais termina...

Dancemos assim meu amor, meu bem querer,
como se a noite não findasse e não fosse amanhecer,
dancemos...quase sem sair do lugar...
Assim querido...embala-me na canção,
beija minha boca, sinta meu coração,
que depois deste frenesi, vamos nos completar...



- Postado por: estrelafeminina2 às 15h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




SILÊNCIO
              Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Silêncio...
Madrugada iluminada de cores da minha cabeça,
momentos que fazem com que eu até esqueça,
essa falta, um tal oco, que machuca tanto meu viver.
Penso coisas neste vazio, mas salvo meu coração,
no intuito de abafar de alguma maneira a solidão...
Triste sina... tenho amor e não tenho o ser...

Silêncio...
O silencio tem um som angustiante...leve zunido,
que aqui nos meus pensamentos é um fá sustenido;
meio desafinado, porém coerente com meu amor...
Me condeno...me absolvo...que droga de agonia!
As pessoas se perdem de noite, e se acham de dia,
modificando e priorizando determinado valor...

Silêncio...
Estou aqui enchendo essa tela branca de letras pretas,
tentando explicar pro meu eu que amanhã é outro dia,
e que de alguma maneira vai acabar essa inquietude...
Coloquei pra ouvir canções ao piano, que amo de paixão,
e fico analisando as palavras de amor do meu coração,
e noto, e sinto, que ainda o que falta é atitude... (minha)...



- Postado por: estrelafeminina2 às 14h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

             DESDÉM
              

 Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Tu tens o dom do doce encantamento,
surges pelas esquinas no sombreamento,
feito amante latino a esconder-se pelos becos.
E despertas amor com sentido de paixão,
abalando fortalezas, e portais do coração,
prá depois se dissimular em atos secos...

Tu surges sempre no momento exato,
em que por apego e amor de fato,
tua presa larga tudo e pensa que te presenteia.
Vens  acenando uma bandeira rubra de carinho,
que depois escondes por outros caminhos,
em nome da liberdade que te permeia...

Tu desfias palavras em consonâncias de sentimentos,
que deslizam pelo ego acariciando todos os momentos,
na sensação de que tu és dos cavaleiros, o mais amável.
Trazes uma sincera doçura na voz com que chamas,
mas no momento seguinte segues outras tramas,
onde te sentes melhor e mais confortável...

Tu fazes com esse teu jeito que exala carência,
que as paixões proliferem  na tua existência,
e que satisfeito, teu ego  não as contenha...
Porém em teu peito um coração com certeza reclama,
porque tu que o amor tão facilmente proclama,
sentirás  um dia, que dele, não se desdenha...

 

            

 

 



- Postado por: estrelafeminina2 às 14h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

            ESCOLHAS...

                    Ana Lucia (*estrelafeminina®)

E quando a melodia que preenche os dias se findar,
e os acordes finais forem entoados no vazio do ar,
que se fará para dar sentido a tantos bons momentos?
A musica que feito ondas embala o carrossel da vida,
parece desafinar em algum lugar meio perdida,
diante do desencontro de tantos  pensamentos...


E quando de tudo que foi vida nada mais fizer sentido,
e explodir num desatino o amor pelo tempo varrido,
e se descobrir sem ter mais retorno, que era verdade?
O tempo dita regras no tempo sem prévia e sem contrato,
parece que é o acaso que promove, mas é o momento exato,
onde teria que valer a grande chance de ter felicidade...


E quando vierem as tormentas em pensamento triste;
as lembranças do que um dia foi e ainda existe,
talvez deixem marcas que não poderão se apagar.
São as escolhas durante o trajeto, coração a coração,
sem outra interferência que abomine a razão,
que farão todo o sentido da vida e do caminhar...


E quando um dia, da saudade soprar um vento,
sem ter como  voltar e refém do arrependimento;
provavelmente se chora de lembrança e de dor.
Campo fértil de muitas cenas improváveis,
a imaginação nos trai em atitudes tolas e incansáveis,
que muitas vezes nos levam aos descaminhos do amor...



- Postado por: estrelafeminina2 às 00h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




EU TENHO AMOR
          
          Ana lucia (*estrelafeminina®)

Eu tenho amor... mudo, esperando a vez, quieto;

e que me engana, imaginando estar certo,

quando troca o sentido de uma doce ilusão.

Ah...ele não é omisso, pois fala de romance,

e tem sempre um poema ao seu alcance,

prá exaltar o seu sentido de paixão...

Eu tenho amor...parece que de faz de conta,

que de repente na ânsia doida me apronta,

pensando que se vive no embalo do vento.

E sai por aí recolhendo palavras de afeto,

insensato,  porém crente  que está correto,

tropeça nas armadilhas e quase morre

num processo lento...

Eu tenho amor...que muito se assemelha a um sonho;

sobrevive sem esperanças... e da paixão que nele ponho

retira o bálsamo que lhe alivia a mágoa e a dor.

Esse amor é assim um conto de fadas na aparência,

que ainda acredita na verdadeira essência,

que virá um dia...quando encontrar o amor do meu amor...



- Postado por: estrelafeminina2 às 15h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

                     VÊ!
                Ana Lucia (*estrelafeminina®)

De tudo que possuo de verdade, só uma eu guardo,

e mesmo que seja tarde, e por não aguentar tal fardo,

arranco com as mãos de dentro do  coração e aqui exponho.

Creio que não percebes minha ansiedade, meu atropelo,

quando me escapa pelos poros a fragilidade, e o meu apelo,

sempre que tu me chegas, ou mesmo que seja em sonho...


E chegastes de mansinho, sorrateiro... me pegando de surpresa;

tomou  meu ser por inteiro e os sentidos soltos por natureza,

trouxeram esse encantamento de amor  que nem sei se é meu.

Agora ficas aqui todo o tempo, estás amarrado nas minhas veias,

e se não estás, eu te invento, e qual aranha ficas preso em minhas teias,

até que se liberte  pra sentir e viver esse amor que é teu...


Estás bem cuidado comigo, eu sou mulher de muito sentimento,

e terás em meu peito abrigo e guarida a qualquer momento,

se me vier com amor sincero e que não seja inconseqüente.

Ah meu amor, não demora, tu não sabes o tempo que estás perdendo,

vem , mas vem agora, novo momento está alvorecendo,

e não há impecilhos prá se amar livremente!...




- Postado por: estrelafeminina2 às 16h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

PALAVRAS SOLTAS EM POESIA
                
           Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Posso brincar com palavras em forma de versos,
dizer que o sol brilha, e ser do dia o reverso,
numa tempestade que tudo quebra e arrasa.
Ver o vento que passa e arrasta a sujeira da rua,
como um tornado fantástico que me leva pra lua,
viajando feito anjo que não tem asa...


Posso tudo quando me deixo levar pelo momento,
só  não consigo deixar de expor meu sentimento,
mesmo que  movido apenas por minha imaginação.
Então aí eu sou a poeta  apaixonada,
vivendo  do amor sem trocas, passivo, sem nada,
sómente  trazendo alegrias pro meu coração...


Posso dormir e sonhar e sonhar acordada,
ser meu próprio prumo na vazia madrugada,
quando as coisas tendem a sair do caminho.
Posso  tudo! Cada dia é na vida uma folha
onde deposito minha  esperança e escolha;
às vezes sofro, mas não há rosa sem espinho...



- Postado por: estrelafeminina2 às 00h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

                  RECONHECIMENTO
                
                           Ana Lucia (*estrelafeminina®)

Houve um tempo amargo, que eu quis ter você,
mas não sei qual foi o embargo que pôs a perder
o que nem nasceu e do nada ou tudo, morreria.
Confusões sentimentais, coisas de momento,
palavras irreais, fugindo sem discernimento
da realidade pela qual eu lutava e queria...


Houve um tempo cruel, que me doía tua lembrança
e amarga como fel, enguli  tua saudade sem esperança
de receber teu amor no escancaro do meu coração.
Entendo que a vida continua,  e amores vão e vem
como carros pela rua, sem reparar em ninguém,
buscando chegar ao destino da própria estação...


Houve um tempo de fantasia, onde a solidão me arrebatava
e  muito doída e fria, um futuro de imenso vazio desenhava
prá me acordar e renascer mesmo que em pensamento.
Virei meu mundo  do avesso, dispensei o que me  podava,
tratei de encarar meu recomeço enquanto o sol brilhava,
e tinha  tempo ainda pra te falar de arrependimento...


Mas não falei... guardei comigo palavras soltas
que um dia vomitei, escritas e em  papel  envoltas,
amassadas e jogadas num canto e que hoje desenrolo aqui...
A vida segue seu rumo, e nem sei se terias o amor que eu sonhei,
mas ainda meia fora de prumo, sinto que é certo que te amei,
e precisava que tivesses consciência do que senti por ti....

       



- Postado por: estrelafeminina2 às 00h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________